PAUSA

by Grace Spiller

 

 

 

 

Hoje, o dia é outro

e o sol mal despertou,

mas eu acordei diferente,

talvez mais exigente,

quiçá, mais decidida!

 

Hoje, o dia é outro

e pede uma pausa!

 

Não quero saber de meias finas

e lingerie de renda;

no rosto não quero base

e tampouco esse blush rosa-enjoado;

e o esmalte nas unhas?

Ah! Esse bege-menopausa!

 

Hoje, o dia é outro e pede uma pausa,

a cara limpa, a alma lavada...

 

Pra variar, vestirei apenas

aquela camiseta velha,

larga como a vida,

branca como a paz!

 

Hoje, pra variar,

andarei descalça,

pisarei nas nuvens

e sonharei acordada!

 

 

Editado no site:

Para Ler e Pensar

 

 

RESPEITE OS DIREITOS AUTORAIS